X

Ossain (Nkisi Katendê)

Ossain (Nkisi Katendê)
Aquele que detém o poder das folhas.

Kosi Ewé, Kosi Orixá ("sem erva, não há Orixá"). É assim que se diz entre o povo de santo, quando se quer fazer referência ao Orixá das ervas, aquele que detém o poder mágico de todas elas, pois sem as ervas não tem axé, não tem culto a Orixá, não tem Umbanda. Também chamado de Ossanyn ou Ossanha, esta divindade habita florestas e somente seus filhos podem apanhar suas ervas sagradas. Corresponde, no Candomblé Angola, ao nkisi Katendê, senhor das jinsaba (folhas).

Dia da semana: Quinta-feira.

Saudação: Ewé o àsà Agbénìgí Òsanyín! Ewé o! Ewé o!

Tradução: "A folha é a tradição, Ossain, aquele que vive nas árvores" "Oh, as folhas! Oh, as folhas!"

Sincretismo: São Benedito, comemorado no dia 05 de Outubro.

Cores: Tanto na Umbanda como no Candomblé, suas cores são o verde claro e o branco.

Símbolos: O Igbá Òsanyìn (Assentamento de Ossain)

Onde recebe oferendas: Nas matas virgens

Principais oferendas: Fumo, cachaça (Oti) e mel.

Bebida: Cachaça (Oti).

Elemento: Terra/Matas.

Algumas ervas: Todas.

Animais: Pássaros (atin eró).

Comida: Farofa de dendê com folhas verdes, milho vermelho, feijão fradinho torrado, bodes, galinhas e galos em cores variadas.

Domínio: Mata virgem.

Particularidade: Trabalha com as ervas, tem domínio sobre elas, conferindo-lhes força curativa.

Características: Feiticeiro, médico.

Quizila: Ventania.

--

Texto extraído do livro "Umbanda de Barracão"

Autor: Pai Alexandre Falasco

Todos os direitos reservados - All rights reserved

Continue lendo nossos artigos e matérias.

Ofò - Encantando as ervas!

Para o povo Iorubá , o poder mágico das ervas só é possível se as mesmas forem acompanhadas de palavras que as encantem, o Ofò.

Saída Pública de Pedro Falasco

Grande festa para o novo Alagbé do Barracão de Pai José de Aruanda

Olubajé 2019 no Barracão

Tradicional passagem de Obaluaê na casa de Pai José emociona centenas de participantes.

© Copyright 2010 Giras de Umbanda - Todos os direitos reservados