X

Obá (Nkisi Karamocê)

Obá (Nkisi Karamocê)
Orixá que dispensa a devoção masculina.

Como escreveu Cléo Martins, é a amazona belicosa. Este Orixá feminino disputou o amor de Xangô com Iansã e Oxum e não teve o sucesso das rivais nesta empreitada. Respeitadíssima pelas mulheres, não gosta de homens e, portanto dispensa sua devoção. Orixá das águas turbulentas, foi também casada com o orixá Ogum, que a venceu em uma batalha. É uma orixá cujas filhas são raras, assim como no Candomblé Angola, em que a nkisi Karamocê também tem seu culto bastante restrito.

Saudação: Obá xirê!

Tradução: Obá brinca! (com as águas turbulentas, não se afoga)

Dia da Semana: 2° ou 4° feira.

Sincretismo: Joana D'Arc ou Santa Catarina.

Elemento: Fogo.

Mineral: Cobre.

Algumas ervas de Obá: manjericão e mangueira.

Domínios: Águas Turbulentas.

Animal: Galinha d'Angola.

Comida: Moqueca de ovos, manga, amalá.

Cores: Vermelho e branco ou amarelo e laranja.

Símbolos: Escudo e lança e um Ofá (arco e flecha).

Onde recebe Oferendas: À beira de um rio.

Comida para oferecer: Pato, cabra e coquém (galinha d'Angola).

Particularidade: Assim como Xangô, também é uma justiceira.

--

Texto extraído do livro "Umbanda de Barracão"

Autor: Pai Alexandre Falasco

Todos os direitos reservados - All rights reserved

Continue lendo nossos artigos e matérias.

16ª Festa de Oxóssi

2020, veja belas imagens desta que é a primeira festa do ano No Barracão de Pai José

16ª Festa de Xangô

2019, o Barracão de Pai José saúda seu Orixá patrono.

Ofò - Encantando as ervas!

Para o povo Iorubá , o poder mágico das ervas só é possível se as mesmas forem acompanhadas de palavras que as encantem, o Ofò.

© Copyright 2010 Giras de Umbanda - Todos os direitos reservados