X

De pai para filho.... de Oxalá!

De pai para filho.... de Oxalá!
Uma das mais lindas festas de Oxalá celebra a continuidade do axé na Tenda Cosme e Damião.

Uma tenda com mais de 50 anos de história, uma família com o Axé dos Orixás nas veias. Pai Nenê, Mãe Marlene, Mãe Adriane e Pai Bruno, este último comandou uma das mais incríveis festas dos últimos tempos, um trabalho para o maior Orixá, que acontece há anos nesta casa abençoada, e novamente mostra primazia na execução e na beleza.


Pai Nenê, como é carinhosamente conhecido o sacerdote Eldimor Brescancini, se assegura a cada minuto se seus filhos estão bem, enquanto se desenrola um trabalho extenso tanto no axé como no relógio.
É um dia inteirinho dedicado a Umbanda. Aos Guias de Luz que durante todo o ano protegeram e ajudaram esses filhos que hoje os saúdam com alegria e muita, muita disposição.


Pai Nenê pode contar com um braço direto a altura, seu filho, Bruno Brescancini, que como um maestro organiza, dirige e ainda incorpora as entidades que o ajudam a comandar tamanho ritual, faz as honras da casa, e traz em terra muitos amigos do plano astral através de seus médiuns, umbandistas dedicados e brilhantemente apostos diante do mentor para servirem de instrumentos de tão belas entidades que os incorporam para o cumprimento de mais uma missão.


Quantos adjetivos. Seria este um texto exageradamente composto por elogios? Não, porque é difícil descrever tanta dedicação e desprendimento em trabalho tão complicado.


Um Pai de Santo é exigido, é testado, é sempre alvo de comentários dos mais diversos, somos abençoados por poder participar de um trabalho destes com a deliciosa liberdade de não ter de se preocupar com a administração que será feita por ele, o sacerdote, o guia encarnado e seus Guias de Luz.


De quem estou falando? Do Pai Nenê, do Pai Bruno, Da Mãe Marlene, Da Mãe Driana? Sinceramente, já não sei mais, tamanha a dedicação de ambos para um trabalho tão bonito, tamanha a força desta família no axé. Não sei nem se estou falando apenas deles ou de todos os sacerdotes de verdade que existem na nossa Umbanda e que abrem mão de suas vidas particulares para realizar tais feitos.


Mas deixo aqui o meu destaque pessoal para um cara chamado Pai Bruno Fábio Brescancini, que aprendeu direitinho os ensinamentos de dois grandes mestres, o Pai Nenê e a Mãe Marlene. Mãe Adriana segue o mesmo caminho e eu quero tentar aprender com eles e com todos estes filhos-de-santo tão dedicados que tenho a honra de vez por outra estar em seu convívio, e todas às vezes, ter certeza que sou mais um nessa família abençoada.


Parabéns meus Pais de Santo. Parabéns meus irmãos de fé.

Pai Alexandre Falasco.

Continue lendo nossos artigos e matérias.

Ossain e Oyá regerão 2021

Pai Alexandre Falasco joga búzios no Barracão.

Lives do Axé

Uma forma de estar junto, mesmo de longe.

Olubajé 2019 no Barracão

Tradicional passagem de Obaluaê na casa de Pai José emociona centenas de participantes.

© Copyright 2010 Giras de Umbanda - Todos os direitos reservados