X

As Ervas.

As Ervas.
O uso das ervas na Umbanda é mágico.

"Kosi Ewé, Kosi Orixá" (sem erva, sem Orixá). É assim que se diz entre o povo de santo, quando se quer fazer referência ao Orixá das Ervas, aquele que detém o poder mágico de todas elas, Ossain, pois sem as ervas não tem axé, não tem culto a Orixá, não tem Umbanda.

Está aí a regra número um nos cultos de Orixá e a Umbanda é um deles. Contudo, no Barracão de Pai José, sempre prego que nosso uso é mágico e não medicinal, receitamos as ervas para sacudimentos, defumações, banhos, mas nunca para uso fitoterápico, por ingestão.

Os banhos, defumações, sacudimentos, entre outras mirongas que fazem uso destas plantas são passados pelas entidades, os Guias de Luz, nos trabalhos de atendimento ao público.

Abaixo colocamos imagens de algumas das mais utilizadas nestes rituais, os nomes podem variar de acordo com a região ou escola umbandista.

Fotos: Narueji
 

Continue lendo nossos artigos e matérias.

Xangô, São Jerônimo e o Leão

Conheça um dos motivos do sincretismo do santo com o orixá Xangô.

30 de Setembro é dia de Xangô, São Jerônimo.

O Santo pouco lembrando na igreja se tornou um dos maiores Orixás da Umbanda.

Cosme e Damião

Festa para os Erês no Barracão de Pai José de Aruanda.

© Copyright 2010 Giras de Umbanda - Todos os direitos reservados