X

Palavras de quem viveu

Palavras de quem viveu
Um conto curto, porém um conto de boiadeiro

Sou sim, Boiadeiro !
 
“Vivi, cresci e morri no campo.
O cheiro do campo, do frescor, a  sensação da liberdade, o simples,
onde me preocupo somente com o singular, onde ‘o tudo’ se resume a mim.”
 
Assim foi um bom boiadeiro, que conquistou por presença , sem nunca falhar por omissão. 
Tempos e tempos , assim são os anos , as vertentes, as demandas, as HISTÓRIAS.
Nunca saberemos o que vai acontecer amanhã. Não é preciso ter tamanha  certeza, o simples o que seria? A vida o que  seria?
 
A vida como é vista,  como sucesso, algo que se conquista, é certo? NÃO !!!
Sucesso é ter alguem, mesmo que por cinco minutos ao seu lado, e que te faça feliz.
Não existem problemas sem solução, existem as vezes, falta de problemas para grandes soluções.
 
Viva o simples, quando  complicar ... confie ...
Nada é tão complicado que não se possa superar.

Continue lendo nossos artigos e matérias.

Vigília para Xangô 2019

Um rito especial que antecede a festa para um dos Orixás patronos da casa.

16ª Festa de Oxóssi

2020, veja belas imagens desta que é a primeira festa do ano No Barracão de Pai José

Encerramento de ano no Barracão

Espírito cigano dá boas-vindas a 2020

© Copyright 2010 Giras de Umbanda - Todos os direitos reservados