Hoje é 10/12/17 ,Domingo, dia de Oxalá

Invasão Umbandista

Povo do axé lota Câmara Municipal em Jundiaí.

Povo do axé lota Câmara Municipal em Jundiaí.

Um mar de gente vestida de branco e com guias coloridas no pescoço se fez notar em evento na Câmara Municipal da cidade de Jundiaí na véspera do Dia da Umbanda.

Claro que isso não ocorreu por acaso, trata-se de um movimento organizado contra a intolerância religiosa para pedir aos vereadores mais ação nesse sentido e ao mesmo tempo mostrar a representatividade da umbanda na cidade.

A iniciativa partiu do Vereador Paulo Sergio Martins, que é umbandista e compõe a corrente mediúnica do Centro de Umbanda O Barracão de Pai José de Aruanda, numa tentativa de unir os terreiros da cidade e criar uma associação que os represente e organize esse tipo de manifesto, sempre em prol do respeito com as diferenças e em defesa do povo do axé contra os ataques que vemos continuamente na mídia.

O evento em si foi simples e direto ao ponto, de mãos dadas os umbandistas rezaram o Pai Nosso e entoaram o Hino da Umbanda, e um discurso foi feito pelo advogado umbandista Gihad do Templo Pedra Preta.

“Temos visto com uma frequência assustadora os crescentes ataques sofridos por terreiros de Umbanda e de Candomblé, onde os criminosos destroem não só a estrutura física do templo, mas também a dignidade de todo o povo de santo, de todos nós que trabalhamos sob a bandeira branca de Oxalá, que nos sentimos ultrajados, violentados e ofendidos em nossa fé, a cada ataque sofrido por um terreiro, compadecendo-nos da dor de cada guia estourada, de cada assentamento destruído, cada imagem dos nossos amados Orixás despedaçada, casas completamente destruídas em nome de que? De quem? É muito triste ver que esses criminosos se utilizam de suas crenças distorcidas e deturpadas para justificar o injustificável! Muitos deles se utilizam do nome de Jesus Cristo para endossar suas condutas criminosas, outros utilizam em vão o nome de Deus, para encabeçar uma luta contra algo que certamente não consta das escrituras sagradas de sua religião!”
Trecho do discurso realizado.

Abaixo  disponibilizamos um vídeo e algumas imagens do evento.