Hoje é 11/12/17 ,Segunda-Feira, dia de Exú

 Feitura de Mãe de Santo.

 Início das obrigações da “saída de santo” de Mãe Ariane do Barracão.

 Início das obrigações da “saída de santo” de Mãe Ariane do Barracão.

Por Pai Alexandre Falasco

Nesta sexta feira (15/06) se deu inicio as obrigações e firmezas que antecedem a cerimônia de Saída de Santo da então Mãe Pequena do Barracão de Pai José de Aruanda, Ariane Ibiapino.

Estes rituais de oferenda que se iniciam no cemitério, seguido de firmezas no conga do terreiro, são um complemento da cerimônia que a tornará Mãe de Santo da casa, cerimônia esta que apenas encerra uma série de rituais que começaram muito antes, na ocasião da camarinha de assentamento do Orixá Olorí, neste caso Iansã/Oyá.

Muito antes ainda são os preparos dentro do sagrado dia-a-dia do terreiro, onde realmente um umbandista se torna sacerdote, pois é a dedicação do filho-de-santo, somado aos dons naturais (espirituais) que o credenciam ao longo do tempo a tal cargo, o máximo dentro da religião.

Mas a Umbanda tem fundamento e é preciso preparar, já diz uma velha cantiga.
Por isso Mãe Ariane, depois de dias em camarinha de assentamento, agora se preparou diante de todos os Orixás da Umbanda para receber tal honraria e missão.

Este preparo simples se traduz em humildes oferendas individuais para cada orixá, independente de seus regentes, pois como sacerdote agora zelará por todos. 

Um sacerdote de Umbanda não restringe mais a sua devoção aos quatro Orixás de sua coroa, pois agora zelará pelos Orixás de seus filhos-de-santo.

Tentaremos aqui mostrar parte desta saga, os preparativos da saída de santo, as oferendas e firmezas (veja fotos) e finalizando posteriormente com a cerimônia que sacramenta a sacerdotisa nesta nova missão (matéria futura).e em uma terceira matéria traremos algumas imagens do assentamento do Orixá Olorí de Mãe Ariane.