Minha jangada vai sair pro mar
Vou trabalhar , meu bem querer “bis”

Se Deus quiser quando eu voltar do mar
Um peixe bom , eu vou trazer “bis”

Meus companheiros também vão voltar
Lá do mar e a Deus do céu , vamos agradecer “bis”

____________________________________________


Eu não sou daqui , marinheiro só
Eu não tenho amor , marinheiro só
Eu sou da Bahia , marinheiro só
De São Salvador , marinheiro só
Oh marinheiro , marinheiro , marinheiro só
Quem te ensinou a navegar , marinheiro só 
Foi o tombo do navio , marinheiro só
Foi o balanço do mar , marinheiro só
Lá vem , lá vem , marinheiro só
Como ele vem faceiro , marinheiro só
Todo de branco , marinheiro só
Com seu bonezinho , marinheiro só.

____________________________________________


Seu marinheiro é hora , é hora
É hora de viajar “bis”
É chuva , é sol , é mar , é vento
Seu marinheiro olha o balanço do mar “bis”

____________________________________________


Canoeiro , canoeiro 
O que traz nessa canoa “bis”
Trago Pemba , trago Guia 
E o rosário vem na proa
Trago Pemba , trago Guia 
E o rosário de Maria.

____________________________________________


Quem te ensinou a nadar
Foi , foi marinheiro
Foi os peixinhos do mar
E nós viemos de outras terras , de outro mar
Temos pólvora , chumbo e bala
Nós queremos é guerrear.

____________________________________________


Oh bom barqueiro , bom barqueiro
Dá licença de embarcar
Eu não sou marinheiro
Mas quero navegar “bis”
Eu não sou marinheiro , eu não sou marinheiro 
Eu não sou marinheiro , mas quero navegar “bis”

____________________________________________


O Zé , se tu for para a lagoa
Toma cuidado com o balanço da canoa
O Zé , faça tudo o que quiser 
Mas não maltrate o coração dessa mulher. ”bis”

____________________________________________


A cachaça boa é do pau de alho “bis”
Aqui mesmo eu bebo , aqui mesmo eu caio. “bis”

____________________________________________


Marinheiro que vida é a sua
Bebendo cachaça , caindo na proa “bis”
Bebo ela , bebo ela muito bem 
Bebo com meu dinheiro , não é da conta de ninguém. “bis”


_________________________________________