Na linha D'Água cantamos pontos para as mensageiras de Iemanjá, Iansã, Oxum e Nanã. Abaixo listamos os principais.

 

Nanã
(Salupa Nanã)
Re: Salupa Nanã

Nanã de jao si alodê, Nanã de jao si alodê
Nanã de Ja si ó a lodê, Nanã de Ja si ó a lodê

Ai ai lodê, Nanão josi
Ai ai lode, Nanã Josi

Oxum
(Ora Iê Iê Oxum)
Re: Ora Iê Iê Ô)

Oie ie ie, oieie Xoroto, Oie ie ie, oieie Xoroto
O luema soroma fé fé, Xoroto

Eu vi Mamãe Oxum na cachoeira
Sentada na beira do rio
Colhendo lirio lirolê, Colhendo lirio lirolá
Colhendo lírio pra enfeitar nosso Congá

Foi na beira do rio, aonde Oxum chorou

Iansã
(Eparrei Ia Messan Orun)
Re: Eparrei Oiá

Ó Iansã do relampago ê
Ó minha Santa Bárbara do relampago á
Oiá, Oiá é a dona do mundo
Oiá, Oiá, Iansã venceu guerra

Oia Matamba, Oia Matamba do cacurucá, Oiá Matambá
Oiá, Oiá, Oiá ê..., Oiá Matamba do ccacurucá sinrê...
Oiá, Oiá, Oiá ê..., Oiá Matamba do ccacurucá sinrê, Oiá, Oiá !

Iemanjá
(Motumbá Axé Iemojá)
Re: Ô Doiá

Saia do mar, linda Sereia
saia do mar venha brincar na areia
Saia do mar Sereia bela
Saia do mar venha brincar com ela

Ie, Iemanjá, Iê, Iemanjá,
Rainha das ondas Sereia do mar

Como é lindo o canto de Iemanjá
Sempre faz o pescador chorar
quem escuta a Mãe d`água cantar
vai com ela pro fundo do mar
vai com ela pro fundo do mar

_________________________________________